Enchantments - Prose and Poetry

domingo, 1 de julho de 2012

O Vinho e a Luxúria



A tua pele alva constrasta com a cor do vinho,
E as curvas do teu corpo se oferecem para mim,
Querem me convidar para um luxurioso caminho,
Enquanto a música toca no ambiente desse festim.


Esse vinho tinto que tu me ofereces é a tua arma secreta,
Para me seduzir com mais facilidade e acender o meu instinto,
E dessa forma possa desbravar as portas dessa muralha aberta,
E, enfim, possa demonstrar em carícias e beijos o que por ti sinto.


Um comentário:

  1. Eu diria: sensual. A poesia tem alma feminina, e a feminilidade perpassa pela sensualidade e erotismo também. A metáfora do vinho... hummmmm

    ResponderExcluir